ESCALDA-PÉS – técnica para o autocuidado na epidemia

Dra Nazira Scaffi

O escalda-pés é mais uma técnica de autocuidado que vale a pena aprender, sobretudo nesse momento de epidemia de coronavírus.

Escalda-pés é aquela técnica acalentadora e eficaz que as avós faziam e os médicos de antigamente orientavam, em caso de gripe, resfriado e outras doenças.

Em muitos textos na internet você encontra a indicação do banho alternado para relaxar, mas ele tem muitos mais efeitos na proteção da saúde. Aqui vou explicá-lo e esclarecer seu mecanismo de ação.

Essa técnica da Hidroterapia pode ser-lhe últil como alternativa terapêutica aos medicamentos, no caso de febre e doenças das vias aéreas respiratórias, mas também para reduzir o desconforto e a dor em diversas doenças, acelerando sua cura.

O que são as Técnicas de Autocuidado

Técnicas de Autocuidado trata-se de um conjunto de orientações sobre procedimentos simples e naturais que auxiliam no cuidado da saúde, na prevenção de doenças pdem ser usadas como tratamentos caseiros nas mais diversas doenças e desconfortos físicos e mentais.

Meu objetivo é auxiliar a população no autocuidado, sobretudo às pessoas em maior vulnerabilidade social, neste momento de epidemia de coronavírus e de gripes da estação.

Em minha experiência médica, a prática dessas técnicas contribui para o fortalecimentos e o restabelecimetno da saúde, reduzindo a necessidade de médicos e hospitais.

Veja como é simples praticar o escalda-pés

Para praticar o escalda-pés, você vai precisar de:

  • um balde, que caibam seus pés, com um quarto de água fria;
  • uma chaleira com água quente;
  • de uma colher das de sopa de pimenta (de qualquer tipo: pimenta do reino, pimenta calabresa etc);
  • um cobertor;e
  • para finalizar, uma compressa de água fria para fechar os poros, após o escalda-pés.

Lembre-se de fechar as janelas e desligar o ar condicionado, se tiver, para não pegar correntes de ar frio.

De antemão, prepare um chá quente e conserve-o numa garrafa térmica para tomar depois do banho.

Como fazer

  • Em um balde que caibam os dois pés, coloque água morna e a colher de pimenta.
  • Com cuidado para não se queimar, mergulhe os pés na água morna e vá acrescentando mais água quente à medida que aguente a temperatura. É importante manter a água bem quentinha. Isso seria em torno de 42 a 44 graus Celsius. Mas não precisa se preocupar com termômetro, pois você vais saber o quanto é o bem quentinho para você.
  • Mantenha a chaleira com água quente perto de você, pois em alguns minutos vai querer aquecer mais a água, o que pode ser feito acrescentando mais à água no balde com cuidado para nãoi se queimar, repito!
  • Envolva seu corpo com um cobertor, de forma a cobrir do pescoço, fechando em sua volta e cobrindo o corpo todo, até por cima do balde. Desse modo, você vai fazer uma tenda em volta de seu corpo com a cabeça de fora, e vai manter o calor dentro dela.
  • Esse escalda-pés deve durar 20 minutos ou até que comece a transpirar.

O que fazer após o escalda-pés

Após, terminar, que é quando seu corpo estiver bem quente e transpirando, sem se expor a correntes de ar, passe rapidamente uma toalha molhada em água fria e torcida em toda a superfície de seu corpo.

Isso serve para fechar os poros e evitar resfriar o corpo no ar ambiente.

Em seguida, deite-se, coberto, esperando o corpo descansar das reações que o banho provocou.

Tome um chá quentinho, que pode ser feito com uma laranja com casca, dentes de alho e guaco, no caso de gripes ou com alecrim no caso de tensão emocional e fadiga. Tome-o quentinho, deitado na cama até se sentir tranquilo e disposto.

Veja nessa imagem como fazer o escalda-pés

Uma imagem contendo camisa

Descrição gerada automaticamente
Dra Nazira Scaffi demonstrando com fazer a técnica do Escalda-pés para o Autocuidado no Programa Saúde Eficaz

Como funciona a técnica escalda-pés

O escalda-pés serve para descongestionar as partes doentes e sobrecarregadas na luta contra alguma doença, reduzindo sua inflamação e facilitando a cura.

Essa técnica é muito eficiente para eliminar o estresse, pois diminui as tensões musculares e produz uma sensaçao de relaxamento muscular e mental.

E, quando feito com um cobertor, provoca o que a Medicina Natural chama de Febre Curativa.

Pode ser usado após uma exposição prolongada ao frio, à chuva e ao vento, quando sente que o corpo resfriou muito e ficou gelado.

É muito eficiente e eficaz na gripes e infecções, enquanto febre curativa, porque aumenta a mobilização de glóbulos brancos e produção de anticorpos para enfrentar e eliminar os microrganismos invasores.

O escalda-pés acalma, relaxa a musculatura e os vasos sanguíneos, enquanto o aumento de temperatura mobiliza as células de defesa para o combate a vírus e bactérias.

Naqueles dias de outono e inverno em que seu corpo fica fatigado após um pesado dia de trabalho ou uma longa viagem e sente que os pés estão frios e o corpo tenso, funciona como um tranquilizante mental e relaxante muscular..

Escalda-pés auxilia na cura de diversas doenças

Escalda-pés, esse recurso tão simples e fácil de fazer vai reduzir a necessidade de procurar médicos e tomar medicamentos nas gripes e resfriados.

Promove uma febre curativa

O aumento da temperatura corporal é um fenômeno natural provoca pelo sistema nervoso central para proteger o organismo. Isso ocorre porque a febre aumenta a circulação sangúinea e promove e mobilização de céluas de defesa e de anticorpos para o local afetado.

A febre, não deve ser reduzida por meio de medicamentos, pois faz com que os microorganismos invasores sejam neutralizados e eliminados.

O aumento da temperatura corporal provocado pelo escalda-pés com cobertor vai ter um efeito similar e, por isso, é tão eficaz como terapêutica natural se sempre foi adotado.

Reduz o inflamação interna

Ademais, além de promover uma febre curativa, o escalda-pés em seu autocuidado cotidiano, contribui para a redução da inflamação de órgãos e estruturas na parte superior do corpo, aliviando os processos dolorosos e congestivos nas doenças gastrointestinais, pulmonares e do sistema genito-urinário.

Na verdade, sempre que há um órgão doente, seja por uma sinusite, uma infecção urinária, pedra na vesúcula, bexiga, ou cólicas menstruais, ocorre, no local afetado, uma congestão sanguínea, com aumento de dor, de calor e inchaço. A isso chamamos de inflamação.

Todos esses sinais compõem um mecanismo de defesa que está tentando curar o órgão alterado e proteger o organismo como um todo.

Na técnica do escalda-pés, o aquecimento intensional das pernas e pés com a água quente visa promover uma dilatação vascular e o deslocamento do sangue para essa região.

Como consequência do afluxo de sangue para as extremidades, ocorre a redução da congestão sanguínea naqueles órgãos que doentes, diminuindo, portanto, a dor, o inchaço e a inflamação local. Essa descongestão vai facilitar o processo de cura que está ali ocorrendo.

O escalda-pés, tem por isso, um bom efeito para eliminar a dor e o desconforto de várias doenças, enquanto acelera o processo de cura. Portanto, você pode praticá-lo se tem cólicas menstruais, sinusite, enxaqueca, infecção urinária, dores intestinais, problemas pulmonares.

Relaxante muscular e calmante dos nervos

Além disso, como relaxante muscular, é um ótimo recurso para a redução do estresse e do cansaço, do dia a dia, sobretudo nas regiões de clima frio.

Você pode comprovar os efeitos da técnica de escalda-pés em seu autocuidado cotidiano.

Pratique o escalda-pés ao menor sinal de gripe, nessa epidemia de coronavírus.

Espero que com esse texto você se estimule a utilizar essa técnica tão simples tanto para fortalecer e relaxar seu organismo, prevenindo enfermidade, como para auxiliar na cura mais rápida das doenças.

O escalda-pés como técnica de autocuidado faz parte do conteúdo do Programa Saúde Eficaz que ministro no Instituto Aleema. Conheça mais. Logo abriremos novos grupos.  

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui