Orientações para o autocuidado em tempos de coronavírus

Para o enfrentamento deste momento de apreensão em relação à disseminação do Coronavírus COVID-19 recomendo enfaticamente como medida preventiva e de autocuidado seguir as orientações do Ministério da Saúde. Temos tido acesso à elas por todos os meios de comunicação.

Porque elas são, de fato, imprescindíveis para conseguirmos evitar que ocorram muitos graves de infecção e de morte, nessa epidemia, que está apenas começando aqui no Brasil. Por isso vamos, ao longo do texto relembrá-las.

Entretanto, além de evitar a disseminação, precisamos também evitar o afluxo de pessoas para os hospitais e postos de atendimento que serão criados para atender os doentes.

Em razão disso, exponho aqui algumas orientações de autocuidado que podem ser-lhe bem úteis. Se você as adotar, pode reduzir a chance vir a adoecer pelo coronavírus. Elas vão orientar você para tratar as gripes da estação ou resfriados, permitindo evitar medicamentos que podem diminuir a imunidade como antitérmicos, anti-inflamatórios e analgésicos.

E, ainda, em caso de apresentar os sintomas iniciais da infecção por coronavírus que são principalmente febre e tosse, essas orientações vão auxiliar na recuperação do seu organismo, reduzindo portanto a possibilidade de se tornar um dos casos graves.

Essas orientações consistem em procedimentos muito simples que ensino aos meus pacientes de consultório. E desde que surgiu epidimeia do novo coronavírus, elas se tornaram indispensáveis para traqnuilizar as pessoas.

Essas orientações servem para todas as pessoas e, se praticadas como orientado não apresentam risco.

ORIENTAÇÕES DE AUTOCUIDADO QUE CONTRIBUEM PARA A REDUÇÃO DA TRANSMISSÃO E PARA A SUA PRÓPRIA PROTEÇÃO

EVITE SAIR DE CASA E EVITE AGLOMERAÇÕES O QUANTO PUDER

Devido à importância de reduzir a transmissão, precisamos todos agir para criar uma barreira para disseminação do vírus. A transmissão comunitária no Brasil já está confirmada e você deve fazer a sua parte. Como resultado de nosso esforço, menor disseminação equivale menos casos graves e menos mortes.

Evite também, abraçar e beijar as pessoas que encontra procurando manter a distância de dois metros recomendada.

LAVE SUAS MÃOS E SEU ROSTO SEMPRE QUE PUDER

Isso pode ser com água e sabão, ou sabonete, durante 30 segundos. Esfregue todas as partes com sabonete e depois enxágue e seque. Isso ajuda muito, e se tiver uma escovinha de mão ajuda. Muitos recomendam álcool gel, mas saiba que água e sabão é indispensável, e nem todos podem comprar o álcool gel.

CUIDE DE SUA ALIMENTAÇÃO

Açúcar e amidos refinados deprimem seu sistema imunológico. Isso se deve, como os estudos evidenciam. ao seu efeito direto de inibição da mobilização das células defesa, ou pelas alterações que causam na microbiota. Nesse sentido todos devem evitar, igualmente, os alimentos processados.

Por microbiota entende-se todo o conjunto de bactérias boas que habitam nosso organismo. Sabe-se que elas auxiliam na defesa corporal, no funcionamento mental e no equilíbrio de nosso sistema imunológico. E, em meio a essa epidemia, acima de tudo, é de uma boa imunidade que precisamos agora, não é mesmo?

Portanto, evitar açúcar é uma boa medida de autocuidado nestes tempos coronavírus. Açúcar, mesmo aquele escondido nos embutidos, nos alimentos processados e empacotados, é prejudicial sempre, e se você está com medo da epidemia de coronavírus pode aproveitar para iniciar essa prática.   

EVITE A AUTOMEDICAÇÃO NO AUTOCUIDADO PARA O CORONAVÍRUS

A febre desencadeia um processo imunológico que envolve todas as funções orgânicas na defesa da vida. Desde ativar mecanismos de barreira para a multiplicação do infectante, a evolução da infecção em seu organismo e até auxiliar na cura das lesões provocadas. Ele ativa o deslocamento das células de defesa para todas as partes afetadas pelo vírus ou bactéria, estimula sua inativação, sua eliminação, e conforme o infectante, desenvolve imunidade permanente. É isso que acontece, por exemplo, na catapora.

Sim a febre é incômoda! Mas é necessária.  Portanto, não abra mão dela.

Alguns médicos estão indicando o uso de Dipirona ou Novalgina no caso de febre ou nos sintomas iniciais do coronavírus.

O que eles estão tentando dizer é, se for tomar, tome só isso! Porque a automedicação é perigosa. Alguns medicamentos como o Ibuprofeno, que pode estar na composição de medicamentos antigripais e anti-inflamatórios, prejudicial no tratamento da epidemia do coronavírus. E como estamos em tempo de dengue, é importante evitar a aspirina.

Além disso diferentes viroses podem nos acontecer nesta fase do ano. No caso de você ter alguma delas, a automedicação com analgésicos e anti-inflamatórios, além de reduzir a resposta curativa de seu organismo provoca efeitos adversos. E estes podem minar ainda mais sua defesa corporal.

Outro agravante do uso de medicamentos para mitigar os sintomas, é a dificuldade de distinguir qual das viroses ou doenças agudas está ocorrendo em seu organismo.

Todos os cuidados que você puder tomar são importantes momento crítico. Porque estamos tentando reduzir o afluxo de pessoas para os hospitais de modo a poder atender aos casos mais graves.

 Portanto, vou orientar aqui procedimentos que você pode realizar em casa se surgirem sintomas indicativos de alguma virose. Eles são bem fáceis de praticar e podem ser feitos sem risco em pessoas de todas as idades.

AUTOCUIDADO NO CASO DE SINTOMAS E SINAIS DE CORONAVÍRUS  

Aqui vou explicar algumas medidas terapêuticas que protegem seu organismo, reduzindo a evolução de doenças agudas e melhorando a recuperação de seu organismo.

Em primeiro lugar quero orientar o banho alternado.

Ele é feito no chuveiro, onde você alternada água quente e fria. Entra na água quente, fica nela um minuto e passa para a fria. Então, 1 minuto quente, um minuto frio, durante 10 minutos. Fazendo o banho alternado uma vez ao dia você aumenta sua disposição, tranquiliza sua mente e melhora sua imunidade. Tudo isso é muito importante nestes  tempos de epidemia.

Além disso, sabe quando você tem aquela dor no corpo, aquela sensação de cansaço que aparece antes da gripe se manifestar?  É hora de fazer o banho alternado. Esse banho age estimulando o seu sistema nervoso autônomo e as reações de defesa que limitam a evolução do adoecimento e que neutralizam os vírus para poderem ser eliminados. Consequentemente, o banho alternado pode abortar a evolução da gripe.

Ele também facilita a recuperação do organismo em qualquer doença, inclusive nas viroses e doenças crônicas. Pessoas idosas ou adoentadas devem deitar uns 20 minutos, cobertos e descansando para deixar as defesas corporais agirem.

O bom e velho gargarejo

O gargarejo pode ser feito com água morna, vinagre e sal. Porque vinagre e sal não matam o coronavírus, mas são antissépticos. E como tal, impedem a prolifreração de microorganismos que se denvolvem nas áreas machucadas pela secura e pela tosse. Além disso, dissolvem limpam as secreções da boca e da garganta que funcionam como um meio de cultura para o crescimento de microrganismos. Embora esse procedimento não mate o coronavírus, como o álcool 70, serve para auxiliar nos casos de irritação das vias aérres superiores. Isso reduz os sintomas que o levariam ao médico.

A poderosa Vitamina C

A vitamina C, é conhecida por seus efeitos preventivos nas gripes. No entanto, Vitamina C PURA não serve para nada.

A vitamina C, presente na laranja, por exemplo, precisa de seus co-fatores – Rutina, Quercitina e Vitamina B3 – para atuar fortalecendo o sistema imunológico. E esses co-fatores não estão presentes no interior do fruto chamado endocarpo, mas na casca amarela (pericarpo) e na parte branca dentro dela (mesocarpo).

Veja as fotos a seguir. Pode ser qualquer tipo de laranja, mas a laranja bahia é mais gostosa.

Uma imagem contendo fruta, cítrico

Descrição gerada automaticamente

Corte em pedaços e aproveite seu benefícios enquanto experimenta um sabor exótico e delicioso.

E SE TIVER FEBRE, DOR DE CABEÇA, DOR NO CORPO…

As orientações que vou dar aqui servem para o tratamento de sinusite, dengue, bronquite, alergias respiratórias, mas também para os estados inciais da doença do coronavírus.

ESCALDA-PÉS DA VOVÓ

Escalda-pés é aquele procedimento que as avós de antigamente faziam em caso de gripes e resfriados. Você vai precisar de um balde, de água quente, de um cobertor, de uma colher das de sobremesa de pimenta (de qualquer tipo: pimenta do reino, pimenta calabresa etc).

  • Em um balde que caibam os dois pés, coloque água morna e a colher de pimenta. Mergulhe os pés na água e vá acrescentando mais água quente à medida que aguente a temperatura da água, com cuidado para não se queimar. Mas é importante manter a água bem quentinha. Envolva seu corpo com um cobertor acrescentando uma colher de qualquer tipo de pimenta na água, cobrir-se com um cobertor. Esse escalda-pés deve durar 20 minutos.
  • Depois, sem pegar corrente de ar, vá para o BANHO ALTERNADO que expliquei acima.
  • Depois tome um chá, já preparado, feito com uma laranja com casca, e dentes de alho e guaco. Tome-o quentinho, deitado na cama com uma coberta para descansar e deixar o corpo reagir.

GARGAREJO DE NOVO!

GARGAREJO com vinagre, sal e água morna, 3x ao dia.

HIGIENE NASAL

A higiene nasal é um recurso excelente para proteger de poeira, alergenos, vírus e bactérias. É um método que deve ser praticado com frequência por quem tem alergias e problemas respiratórios. Pode ser feito com os recipente próprios conhecidos como Lota, Nasalpote ou Narin. procure nas farmácias e tenha sempre um deles em casa.

O método é muito fácil e pode ser feito até em crianças. Para facilitar o aprendizado deste método maravilhoso, compartilho aqui o vídeo produzido para o NARIN.

Veja neste vídeo como fazer: https://www.youtube.com/watch?v=-7HRR8WFIVw

SE TIVER DOR DE GARGANTA…

O gargarejo ajuda muito. Além dele recomendo o CATAPLASMA DE CEBOLA

Se tiver dor de garganta faça um cataplasma de cebola. Pique a cebola bem picadinho, coloque num lenço e amarre no pescoço, mantendo-o ali por duas horas. Para o cheiro não incomodar tanto, use uma toalha de rosto dobrada de comprido para colocar por cima do cataplasma. Pode aplicar ao ir dormir. E não se preocupe, pois armos de cebola some com o banho.

SE TIVER CORISA

Chá de cebola ajuda a descongestionar e secar um pouco as secreções. Serve também para rinite.

A cebola é tao boa para descongestionar que já vi gente que tem rinite constantemente levar aquelas cebolas pequninas na bolsa para mastigar.

A FITOTERAPIA AUXILIA A TRATAR OS DESCONFORTOS

Enquanto existe um forma de consenso social sobre os efeitos benéficos da fitoterapia, algumas pessoas conhecem o tema profundamente. Tanto na forma de chás, de emplastros ou de pomadas elas ajudam a evittar medicamentos de farmácia, podem auxiliar no tratamento caseiro de diversas enfermidades. Recomendo para os pacientes terem à mão. algumas alternativa que conheço bem para tratarem as indisposiçoes passageiras no dia a dia.

No contexto da epidemia do coronavírus, indico, para você acrescentar ao seu autocuidado, 4 tipos de chás podem auxiliar o corpo a enfrentar os sintomas gripais. para preparar o chá com uma erva seca, faça uma infusão: depois de ferver a áuga coloque uma colher das de sopa para cada 200 ml. Aguarde uns 5 minutos e desfrute

No início de uma gripe recomendo o um chá de LARANJA, ALHO E MEL com alguma das ervas listadas abaixo.

Modo de prepará-lo: Coloque a laranja picada para ferver por uns 5 minutos. Depois acrescente 3 dentes de alho amassados e deixe ferver por mais um minuto e apague o fogo.

Se quiser acrescentar uma das ervas abaixo, acrescente-as com o fogo apagado na água quente e deixe ativar por uns 5 minutos antes de tomar. Acrescente uma colher de mel e tome. O ideal é deixar preparado antes dos banhos que recomendei acima, e ficar na cama por um tempo.

As ervas abaixo podem ser acrescentadas depois. Veja suas indicações.

TANSAGEM serve para aquela sensação de ardência e secura na garganta.

GUACO serve para  de tiver tosse.

GERVÃO se tem muito catarro no peito.

Além disso tudo, muita hidratação, dormir bem, calma e tranquilidade para enfrentar o momento que estamos vivendo.

Bom, amigos! Espero que minhas palavras o tenham estimulado para praticar o autocuidado nestes tempos de coronavírus.

Essas e outras informações compõem a Medicina do Autcuidado, que ensinamos no Insituto Aleema.

O Instituto Aleema é uma escola de educação para a saúde, dedicada à redução do adoecimento por Doenças Crônicas Não Transmissíveis. E agora, neste momento de epidemia, vimos trazer nossa contribuição.

Se quiser saber mais sobre o Instituto Aleema e nossas atividades, CLIQUE AQUI.

MUITA SAÚDE!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui